9-O SAMBA E O CRISTÃO

29/03/2013 16:45

 


Amostras de Ritmos de procedência pura são, 

Reggae, Blues, a música do Senegal e outros 


O reggae e o blues são ritmos musicais puros, criativos, de alto desenvolvimento e progressividade, 

e além disso, quase sempre dedicados a JAH (Yahweh--Jahvéh--EU SOU), 

O Blues é um Ritmo de IMPACTO, 
para impactos de altíssimo desenvolvimento e solos acima de sete toques por segundo. 

---- 

Os ritmos de procedência pura nada têm a ver com a mesmice que fizeram pra agradar aos orixás (deuses/demônios): os ritmos da Umbanda, samba, pagode e bossa nova (ritmo dos grandes Catimbozeiros que criaram a bossa nova). 

todo pagode, do jeito que começa termina, não se desenvolve para que aquilo que chamam de música não termine exatamente como começou: sem qualquer possibilidade ou tendência natural para os solos; 

nem nada que torne possível a criatividade fluir. Só o que se consegue é o contrário; pegar uma música pop já pronta, e danificar o seu ritmo natural, mudando apenas a batida, para fazer dela um samba, pagode ou bossa nova; 

Porque muda-se apenas o tempo da batida, para fazer qualquer música pop com desenvolvimento de repente tornar-se uma coisa repetitiva, monótona, sem vida; uma cadência cuja tendência é cair no sono porque é música pra cerveja do tipo pra boi dormir. 



Igual que a bossa nova; uma mesmice; super repetição, musica pra boi dormir ? Pra não acordar mais. 

Em cada Cd de pagode, samba ou bossa nova, pelo menos 3 faixas são temas dedicados aos seus deuses--orixás; louvor ao diabo. 


Esta é a procedência e o espírito dos ritmos samba pagode e bossa nova; São procedentes da Umbanda. 

E esta é a procedência dos ritmos da Umbanda; nasceram dedicados aos orixás 
(espíritos de deuses ou demônios). 
Alguns dos deuses trazidos da África, Oxalá, Nanã, Iemanjá, Xangô, Ogun, Yori, Iansã, Oxum, Obá, Oxóssi, Oxumarê, Omolu-Obaluaiê, Euá, Iroko, Logunedé, Ossâim, Ibêji, Ifá, Baiani e Exu, Orixalá, Ogum, Yorimá, 

arashá = ara = luz < > shá = Senhor 
orixá = ori = cabeça < > xá = Senhor 
Orixá = Senhor (deus) da cabeça ou Senhor da luz. 

- O pagode nasceu numa roda de samba, 
e o samba nasceu numa roda de umbanda; 

Os ritmos procedentes da Umbanda em louvor ao diabo, deuses e orixás, 

nasceram no momento em que foram primeiramente dedicados ao diabo e aos deuses (orixás). 

A bossa nova é um ritmo procedente de Catimbozeiro e grandes macumbeiros, mestres na arte de encobrir a verdade sobre origem dos ritmos do Catimbó e da macumba, 

dando-lhes outro nome, bossa nova, samba, pagode, estes ritmos da mesmice são conhecidos pela cadência repetitiva que isola a possibilidade de progredir para os solos; e cadência (cair) é coisa que foi deixada para o louvor aos orixás e ao demônio mesmo. 

A quem algumas assembléias ao deus tem estado a reverenciar com seus hinos de Catimbozeiro que seguem e acompanham a cadência e queda copiada do samba, pagode e bossa nova, ritmos que nasceram dedicados aos orixás? 

Por que persistem os das assembléias em copiar um ritmo de natureza demoníaca? 



---- Nada disso tem nos ritmos puros, 

Olhem para a música que se faz no Senegal, olhem para música que se faz na Jamaica, 

e o Blues, que nasceu às márgens do Mississipi, porque foi feito por gente que sabe o que é música. 

 

FONTE:

http://www.lideranca.org